história do saxofone, dicas e curiosidades do saxofone
01/10/2013 às 18h16min

 

O saxofone, popularmente conhecido por aqui simplesmente como ‘sax’, é um instrumento musical de sopro utilizado desde 1846, ano de sua invenção.

História:

Ao contrário da maioria dos instrumentos populares hoje em dia, que para chegar ao seus formatos atuais foram evoluídos de instrumentos mais antigos, o saxofone foi um instrumento inventado. O pai do saxofone foi o belga Antonie Joseph Sax, mais conhecido pela apelido ‘Adolphe Sax’. Não se sabe a data exata da criação do instrumento. A patente foi obtida por Sax em 28 de junho de 1846.

Embora seja feito de metal, o saxofone pertence à família das madeiras, pois seu som é emitido a partir da vibração de uma palheta de madeira que fica fixada à boquilha.

Por ter um som único, com propriedades tanto dos instrumentos de madeira, quanto dos de metal, o saxofone logo foi adotado por muitos músicos. O sax tem a capacidade de ter o poder de execução de instrumentos como o clarinete, ao mesmo tempo que tem uma potência sonora quase tão grande quanto à das cornetas. Além disso seu timbre é um dos que mais se assemelham ao da voz humana.

O instrumento:

O saxofone é um instrumento fabricado em metal, geralmente latão, com uma mecânica semelhante à do clarinete e à da flauta. É composto basicamente por um tubo cônico com 26 orifícios que têm as aberturas controladas por 23 chaves vedadas com sapatilhas, e uma boquilha onde se acopla uma palheta.

A boquilha é a peça que se encaixa na ponta do saxofone e na qual é fixada a palheta. Seu funcionamento é semelhante ao de um apito, que gera as vibrações que irão percorrer o corpo do instrumento e as quais se tornarão o som típico do saxofone. As boquilhas podem ser fabricadas dos mais diversos materiais: plástico, metal, acrílico, madeira, vidro e até mesmo osso.

O formato das boquilhas também pode variar bastante, tanto externamente quanto internamente. Alterações nos formatos implicam em alterações significativas do som produzido, e devido a este fato, a escolha da boquilha é uma decisão muito pessoal para cada saxofonista. Quanto maior for a abertura e menor a profundidade, mais estridente será o som produzido, já o contrário resulta num som abafado e pequeno.

A palheta está para o saxofone assim como a corda está para o violão. Ela é a responsável pela emissão do som pelo instrumento. Ao soprarmos a boquilha é gerada uma coluna de ar que faz vibrar a palheta, produzindo o som.

As palhetas são fabricadas com madeira, geralmente cana ou bambu, existindo porém palhetas sintéticas. Quanto mais dura é a palheta, maior é o esforço para a emissão da nota, contudo menor é o esforço para manter o controle da afinação.

+ Novidades
 
 
HOME   NOVIDADES
A ESCOLA
  MULTIMÍDIA
CURSOS
  MATRICULE-SE
ESTÚDIO
   REGULAMENTO
FALE CONOSCO   CALENDÁRIO ESCOLAR
NOME:
EMAIL:
 
Copyright © 2011 www.escolademusica.com.br All Rights Reserved.
Desenvolvimento e Hospedagem de Sites e Sistemas